Vender é sobreviver a guerra: vença 2 batalhas para o sucesso

A importância do Design e Storytelling como estratégia de venda.

Aumentar o número de seus clientes é uma das maiores dores de cabeça de um empreendedor/empresário,

A primeira lição que qualquer empreendedor mais cedo ou mais tarde aprende é que não importa o quão brilhante é sua idéia, se você não vender, você não tem um negócio. Mas o que é vender? Podemos responder essa pergunta de várias  formas, aqui vou direto ao ponto. Vender é comunicar de forma atraente, eficiente e convincente a solução para um problema gerando valor. 

Apesar do objetivo parecer  simples, não é nada fácil,  principalmente quando consideramos a alta concorrência e a escassez dos recursos. Disputamos a todo momento a atenção do público. Enquanto buscamos um minuto de atenção seja de forma física ou online, o marketing de milhares de outros serviços e produtos estão gritando outras necessidades para os nossos potenciais clientes. O sucesso nos negócios depende de vender, e vender depende de captar a atenção e convencer de um cliente antes que ele seja distraído por outro interesse, isso é uma  guerra constante.  

Apenas para contextualizar uma pesquisa da Media Dynamics publicada pelo SJ Insights em setembro de 2014 mostrou que uma pessoa comum vê por dia mais de 5 mil marcas e 362 anúncios. Se atentando a esse dado relativamente antigo com o estudo divulgado em 2021 pelo Cuponation indicando que brasileiros passaram quase 5 horas por dia em redes sociais em 2020, nossa exposição à mídia e propaganda cresceu assustadoramente.

É necessário se preparar tecnicamente para não sair no prejuízo. Para simplificar vou explicar essa guerra em 3 batalhas e suas respectivas armas de preparação:

A batalha pela atenção

Essa é a primeira batalha, talvez a mais acirrada de todas. O design é com certeza uma das melhores armas para sair vitorioso. Você já ouviu falar que compramos com os olhos. Quero deixar claro que o conceito de design é abrangente envolvendo logo, embalagem, cores, usabilidade, conforto, praticidade entre tantas outras questões. Estou me detendo aqui apenas a uma parte, aquela que que por experiência nos prende atenção através da estética, nos enche os olhos e desperta desejo através do impacto imediato da imagem. A identidade visual da marca agrega valor ao produto ou serviço e se torna imprescindível  para primeira tomada de decisão do nosso potencial cliente,  parar para considerar. Assim, arrisco dizer que que design é nossa primeira comunicação para venda. Se você não é profissional desse ponto, perdeu a primeira batalha.

A batalha pelo relacionamento

Após captar a atenção, nossa segunda batalha é tão desafiadora quanto a primeira, envolver o público, se relacionar. O Storytelling é uma poderosa arma para quem passa para esse nível. Storytelling é a arte de contar, desenvolver e adaptar histórias utilizando elementos específicos como personagem, ambiente, conflito com começo, meio e fim, para transmitir uma mensagem de forma inesquecível ao conectar-se com o público no nível emocional. 

A pesquisa conduzida pelo SPC Brasil em 2016 pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas mostra que a compra não pode ser encarada como uma decisão totalmente racional. Se assim fosse, o público estaria mais preparado para lidar com os estímulos do marketing e não cederiam tão frequentemente às tentações das compras desnecessárias, muitas vezes ao custo do endividamento, da inadimplência ou do comprometimento do orçamento pessoal e familiar. 

Portanto a compra tem um fator emocional decisivo e o storytelling é uma das ferramentas para gerenciar e induzir emoções que permite um nível mais íntimo de relacionamento pois é assim que a empresa se humaniza, compartilha valores, constrói uma realidade comum com seu público chegando a imprimir um estilo de vida, uma cultura que garante recorrência reafirma a identidade do indivíduo.

Se para vender é preciso chamar a atenção, é uma empresa paga por cada tentativa de chamada. A única forma de se comunicar diminuindo o custo do marketing e mantendo as margens necessárias para continuar existindo é criando uma relação de longo prazo, uma verdadeira história com o público alvo. É por isso que sem storytelling você pode perder a segunda batalha. Isso pode significar prejuízo para os negócios e como empreendedor, abortar seu sonho.

Não esqueça disso

Espero que essa estratégia tenha mais do que te feito ver que é possível crescer no digital, te dado também a O sucesso do seu negócio exige mais que força de vontade, para comunicar de forma atraente, eficiente e convincente a solução para um problema gerando valor o empreendedor enfrenta batalhas que necessitam do devido conhecimento. Saber como solucionar um problema é apenas parte do sucesso caso queira transformar essa  ideia em um verdadeiro negócio lucrativo.


Referências
New Research Sheds Light on Daily Ad Exposures Tempo nas mídias sociais 2021 

Compartilhe e nos ajude a chegar a mais pessoas:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Inscreva-se
Notificar de
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários

CONFIRA POSTS RELACIONADOS

pt_BRPortuguese