Até onde você está disposto a investir os seus recursos em troca do sucesso?

Todo mundo tem um limite, até onde vai seu compromisso com o seu empreendimento? Como será que a gente descobre até onde podemos investir nosso tempo e dinheiro até nosso negócio se tornar rentável?

Se você chegou interessado nesse artigo, possivelmente você está passando por um momento no seu empreendimento que está tirando seu sono e fazendo você repensar se deve continuar investindo todos os seus recursos de tempo, dinheiro e vida enquanto espera ele se tornar rentável e lucrativo.

Seria impossível eu falar desse assunto sem colocar a minha vida a prova desse questionamento, você vai entender o porquê.

Eu comecei minha vida profissional com 13 anos, trabalhando com manutenção de computadores e como você já deve imaginar, sem salário e sem registro. (eu na verdade convenci meu professor de informática na época a me deixar trabalhar, mesmo contra a vontade inicial dele por conta da minha idade e dos riscos que ele corria).

Do interior de São Paulo à Dubai com 23 anos de idade.

Minha vida de empreender então começou ali quando entendi que quanto mais eu trabalhasse, mais eu ganhava e então com 17 anos abri meu primeiro CNPJ trabalhando com Identidade Visual.

Assim foi evoluindo até o momento atual, com meus 23 anos, com várias dificuldades desde conseguir sair do interior e me mudar para São Paulo, abrir sociedade com meu atual sócio que confiou sua vida a mim, me aceitando em sua casa, depois a luta por atingir a meta de me sustentar 100% na grande capital, passando pelo sonho de conseguir clientes do exterior, até começar a lucrar mais com as vendas, me mudar para um apartamento sozinho e até viajar a negócios para Dubai representando um cliente em busca de investimentos.

Olhando assim, parece que todos meus problemas acabaram, certo? Errado!

Sempre existirão problemas, sempre terão momentos de baixa, de queda e que você voltará a se questionar sobre seu negócio, independente de quanto você está ganhando.

Mas tendo a oportunidade de passar por todo esse crescimento tão jovem e tendo uma pessoa de tamanha confiança do meu lado, meu sócio, aprendi algumas lições que quero trazer aqui para você refletir sobre seu sucesso, sobre seus recursos e principalmente sobre seu negócio.

Benefícios de utilizar o Google Meu Negócio.

1. O compromisso é seu mentor

Quer uma coisa? Se comprometa a fazer. Se você sempre achar uma desculpa para “dar um jeitinho” e deixar para depois, você nunca vai alcançar 100% daquilo que você tinha vontade. E aí você vai ter duas opções: se contentar com pouco ou viver culpando o mundo e sua falta de sorte de não conseguir.

Acredite, isso pode ter sido exatamente o principal motivo de hoje você estar passando sufoco sem resultados. Uma hora a conta chega.

Começar a investir e assumir posicionamentos nas redes é uma forma vantajosa de assumir também compromissos com o seu público e isso reforçará seu compromisso consigo mesmo.

2. Nada vence a constância

Essa frase virou jargão do meu sócio na Alomorfia, Icaro Barboza e nunca me esquecerei.

Só vence uma maratona quem está disposto a ir até o final, constância. Não é sobre ser o mais rápido, é sobre independente da circunstância, continuar fazendo.

Ter um plano de Marketing como gestão do seu negócio é uma ótima forma de te gerar um propósito a seguir por mais tempo.

3. Escolha “parecer” antes de “ser”

Eu sei, sempre te ensinaram que o mais importante era você “ser” e não “parecer”, e de fato é, não discordo dessa afirmação. O ponto é que não adianta você apenas “ser” algo ou alguém.

O que mais há no mundo são ótimos profissionais e empreendedores que não chegaram lá porque sempre estiveram atrás dos bastidores.

Antes de qualquer coisa, você precisa ganhar a visão das pessoas, reconhecimento, para então assim, ter a oportunidade de mostrar quem você é ou faz. Investir no Branding nesse momento é crucial.

4. A única coisa

Não é à toa que se tornou até o nome de um livro best-seller. Foco será sempre seu grande desafio quando as coisas começarem a dar certo.

Você sempre vai querer expandir e fazer milhares de coisas e é assim que você se esquecerá daquilo que estava te dando resultado até então.

Cuidado com esses investimentos em ilusões. Foque em fazer bem feito o básico e depois vá crescendo, “step-by-step”.

Conteúdo coringa!

Gostou do tema desse artigo? Comenta aqui com a gente ou nas nossas outras redes (@alomorfiadesign) e deixe-nos entender como podemos somar mais conteúdo de valor com você. Recomende também para seus amigos que estejam precisando desse insight!

Para você que ficou aqui com a gente, o conteúdo coringa de hoje é uma recomendação de livro para te deixar mais preparado para esses momentos de dúvida no seu negócio. Leia “Ponto de Inflexão” do empresário Flávio Augusto e depois nos conte no @ o que achou.

Compartilhe e nos ajude a chegar a mais pessoas:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Inscreva-se
Notificar de
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários

CONFIRA POSTS RELACIONADOS

pt_BRPortuguese